Forma vs função.


Em minha breve atuação como designer uma grande discussão que existia era a questão da forma versus a função.  Quando se
desenhava um produto não podíamos pensar só na beleza dele mas também se ele era útil e funcional. Por exemplo de que adianta criar uma cadeira linda de se olhar mas que você não consegue ficar sentado 2 minutos por ser desconfortável.

Lembro que um exemplo que sempre entrava em discussão é esse:

Quem não conhece, não sabe o que é isso e acha que é apenas um objeto decorativo (já vi na revista caras esse objeto na mesa de centro de uma pessoa famosa). Esse objeto é chamado de: “Juicy Salif” e é do designer Frances Philippe Starck, e nada mais é que um espremedor de limão ou laranja.  A grande discussão era será que ele é funcional , bonito com certeza é, mas será que não espirra nada. 

Quem nunca comprou um tênis que achou muito bonito, mas que apertava o pé ou que não era totalmente confortável, caindo na conversa do vendedor de que com o tempo ele iria lacear, ou mesmo um calça jeans. Será que vale a pena sacrificar o conforto por uma estética?

Como antes de ser educador físico eu sou designer, acho que essa discussão que me levou a acreditar no treinamento funcional.
Indo para o lado da atividade física, será que vale a pena fazer um treino somente voltado para a estética? Não seria mais interessante pensar nas funcionalidades do corpo. De que adianta ter um corpo todo musculoso que não consegue correr 500 metros, ou de que adianta ter uma bunda gigantesca mas não conseguir subir cinco andares de escada. 

Com certeza a estética é importante, mas acho que ela deve ser uma conseqüência de um treinamento bem planejado e uma alimentação de boa qualidade. Acredito você for capaz de realizar diversas atividades diferentes: correr, nadar, pedalar, levantar pesos, se alongar, arremssar objetos, se equilibrar... Seu corpo vai apresentar os resultados estéticos, mas se você focar seu treino só na aparencia fisica o inverso não acontecerá, você não vai ser apto a correr, nadar, pedalar, levantar pesos, se alongar, arremssar objetos, se equilibrar... 
O treinamento funcional vai gerar as melhorias funcionais e a estética melhora por consequencia, enquanto um treino convencional melhora só a aparencia.



Até a próxima
Treine FUNcionalmente!

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

 
Real Time Web Analytics