O que é Treinamento Funcional?

O treinamento funcional vem se tornando uma forma cada vez mais frequente de atividade física, muitas pessoas dizem estar praticando, porém será que isso é verdade?

Ao ver exercícios com bola suíça,
elásticos, plataformas de instabilidade, ou equipamentos diferentes, é muito comum serem associados ao treinamento funcional. Mas isso é uma visão muito simplificada e, em alguns casos, até equivocada.

Atualmente vejo três princípios, associados ao treinamento funcional: core training, treinamento integrado e especifidade do treinamento.

-O “core training” pode ser traduzido como o treinamento do núcleo, ou a região mais central do corpo. A literatura diverge sobre quais os grupamentos musculares fazem parte do “core”, alguns se limitam ao abdômen (reto, oblíquos, transverso), lombar, multifideos. Enquanto outros acrescentam dorsais e glúteos.
O treinamento do core envolve todo tipo de exercício que necessite de uma estabilização do tronco, por exemplo: uma prancha.


-O treinamento integrado seria o oposto do treinamento de musculação tradicional(que isola grupamentos musculares). A idéia do treinamento integrado seria desafiar nosso corpo para realizar exercícios complexos que envolvem uma diversidade de grupamentos musculares simultaneamente.


-A especificidade do treinamento é um principio do treinamento desportivo. Basicamente a idéia é que para um jogador de basquete o melhor treino é jogando, se você é um lutador seu melhor treino tem que ser lutando. Mas existe o conceito de exercício especial, seria um exercício que simula uma situação do esporte, por exemplo, fazer o movimento do arremesso do basquete substituindo a bola convencional por uma medicine ball.


Pessoalmente, acredito que os três principios podem ser associados ao treinamento funcional, porém é fundamental adequar corretamente, o core trainig é muito bom para iniciantes enquanto o treinamento integrado já exige um nível mais avançado por parte do aluno, bem como os exercícios especiais.






Até a próxima
Treine FUNcionalmente!

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

 
Real Time Web Analytics