Agachamento Profundo - Realizar ou não realizar??

O deep squat ou agachamento profundo, realizar ou não?

Essa é uma discussão que gera uma certa polemica
alguns são a favor e outros são contra. Em uma passagem pela China, observei que era comum as pessoas ficarem agachadas para descansar, incluído pessoas da terceira idade.
Pela funcionalidade é fácil explicar o motivo pelo qual é tão fácil eles conseguirem ficar agachados, é uma questão de necessidade. Em países asiáticos é comum não ter um acento, você precisa agachar para fazer suas necessidades.



Se observarmos bebês e crianças pequenas é muito comum ver elas realizando o agachamanto profundo diariamente e sem que ninguém tenha ensinado elas. Podemos dizer que um movimento que com o passar do tempo paramos de realizar, em algum momento da vida trocamos o movimento de agachar pela a flexão de quadril e coluna.

Pensando no treinamento funcional, eu acredito que o agachamento profundo sempre é benéfico, desde que a articulação do joelho seja saudável (quem já tem um histórico de lesão precisa ficar mais atento).


Os principais aspectos que encontrei na literatura sobre o agachamento profundo são:
1.       Calcanhar totalmente apoiado no solo
2.       Manter sua perna sempre em uma linha paralela com a coluna
3.       Não deixar que ocorra uma adução de quadril (uma coxa se aproximar da outra)

Contudo deve sempre se ter muito cuidado com a sobrecarga utilizada, tirando os atletas de levantamento olímpico de peso, não vejo outras modalidades que necessitariam de um agachamento profundo com uma grande sobrecarga.
Deixe para utilizar bases instáveis só depois que o padrão do agachamento estiver adequado. Acho que vale a mesma sequência de progressão que deixei no post sobre instabilidade.






Até a próxima
Treine FUNcionalmente!

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

 
Real Time Web Analytics