Crossfit treinamento funcional 1ª parte


Há quase nove meses atrás eu escrevi sobre o Crossfit® dizendo que era um outra forma de ver o treinamento funcional, na época eu estava começando a experimentar os treinos e não escrevi muito com medo de falar alguma besteira. Mas depois quase 1
ano treinando pelo método crossfit® acredito que posso fazer uma resenha sem ser injusto.

 Crossfit® é um treino que visa o que os norte americanos chamam de GPP (general physical preparedness – Preparação física geral), para isso a base do treino são movimentos funcionais constantemente variados e realizados em alta intensidade.

A cada dia tem um treino diferente chamado de “Workout Of the Day” ou simplesmente WOD, a variação constante garante que o corpo esteja preparado para tudo e não se torne especifico em nada.  Normalmente os WODs são “pontuados”, pelo número de séries feitas em um determinado tempo, pela quantidade de carga utilizada ou pelo numero de repetições, não é comum se repetir os treinos, mas quando isso acontece você já tem uma base de comparação.  Existem alguns WODs chamados de “benchmark”, esses treinos são padronizados e servem para avaliar a evolução, normalmente eles tem nome feminino, quando tem nome masculino ele é em homenagem a um herói (normalmente um integrante das forças armada que morreu em serviço e era praticante de crossfit®).

Existe uma competição chamada de Crossfit® Games, nela os há a disputa pelo posto de homem e mulher mais condicionado do mundo. O interessante é qualquer um poderia chegar até a competição, isso porque a primeira etapa é aberta a qualquer um de modo online, você podia treinar em casa filmar e eles pontuavam sua performance, se ficar entre os melhores você ganha o direito de competir nos regionais e que por fim leva ao “crossfit games” para descobrir o homem e a mulher mais condicionados do mundo. A competição do ano passado foi transmitida ao vivo em tempo real pela internet e chegou a passar na espn2  americana.  



No youtube existem vários vídeos sobre Crossfit® e muitas vezes as pessoas olham e acham que é muito difícil, mas a grande maioria dos vídeos mostra os praticantes que estão no nível de competir nos jogos (é o caso do video acima), são atletas crossfit® e tem objetivos diferentes daqueles que apenas buscam melhorar seu condicionamento físico.

Precisa ficar claro que o crossfit pode ser um iniciante ou para um competidor, todo treino pode ser adaptado para a condição fisica de cada um.
Logo mais vem a segunda parte.

Até a próxima 

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

 
Real Time Web Analytics